Select Page

Todo ano um grande número de idosos sofrem quedas e fraturam suas cinturas. As consequências são terríveis para sua saúde e geram despesas médicas gigantescas.

Segundo dados da empresa Helite, acontecerão 5 milhões de fraturas de bacia até 2050. Somente na França, estima-se que acontecem 65.000 fraturas desse tipo todo ano. 23% dos idosos acima de 55 anos morrem cerca de um ano após o acidente por conta das complicações que se sucedem. 50% deles perdem sua autonomia. Ainda na França, mais de 9 bilhões de euros são gastos com taxas médicas.

Por conta disso, a Helite desenvolveu um produto que promete proteger os idosos desta ameaça constante: um cinto com airbag que é capaz de identificar quando o idoso está sofrendo uma queda. O airbag infla antes que o usuário atinja o chão. Os engenheiros da Helite desenvolveram um sofisticado algoritmo capaz de medir e analisar, mais de 1000 vezes por segundo, o movimento e a queda em progresso. O sistema usa diferentes tipos de sensores, tais como giroscópios e acelerômetros, para calcular o movimento em contexto para determinar se a pessoa está andando normalmente ou está caindo.

O produto, batizado de Hip’Air, garante uma perfeita proteção antes do impacto com o solo. O algortimo detecta qualquer queda em 200 ms (0,2 segundos) e o airbag infla em 80ms (0,08 segundos).

Leia: artigos correlatos.