Select Page

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou o lançamento hoje (1º de dezembro), no E-título, um documento digital como aplicativo que poderá substituir o título eleitoral que era usada até então. Segundo anunciado, cidadãos já poderão utilizar o E-título nas eleições de 2018.

TSE ainda disse que o aplicativo serve para sistemas operacionais Android e iOS, e pode ser instalado via Google Play Store e Apple App Store. Porém, apenas usuários Android podem realizar o download por enquanto, já os usuários de iOS poderão baixar o aplicativo nas próximas semanas.

O E-título ainda é mais completo que o título comum. Nele, ou usuário poderá encontrar mais informações, como a quitação eleitoral, dados sobre cadastramento biométrico e endereço do local de votação — com um mapa mostrando o local —, de acordo com o G1.

Resultado de imagem para tse

Foto: divulgação.

 

De acordo com o TSE, “para o eleitor, o benefício virá na facilidade de ter os seus dados eleitorais sempre seguros e disponíveis, diminuindo os riscos de extravios e danos ao título de eleitor. Também o tempo de atendimento nos cartórios eleitorais – relativo a impressão, assinatura e entrega do título – será consideravelmente reduzido. Por fim, haverá a diminuição da necessidade de deslocamentos até o cartório eleitoral”.

Para validar o E-título nas zonas eleitorais, o usuário exibirá um GQ Code presente no app. Dessa maneira, todo o processo do mesário anotar os seus dados poderá ser agilizado. O novo documento digital foi desenvolvido integralmente pela Justiça Eleitoral, sendo uma iniciativa do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC) adotada pelo presidente do TSE, Gilmar Mendes, para distribuição nacional.