Select Page

Muitos especialistas da indústria e consumidores entusiasmados colocaram A Internet Das Coisas (IoT) como a próxima Revolução Industrial ou Next Next.

Por quê? Porque será o futuro da forma como as empresas, os governos e os consumidores interagem com o mundo físico.

Ao longo de mais de dois anos, o serviço de pesquisa “premium BI Intelligence”, do site americano Business Insider, acompanhou de perto o crescimento das tendências globais no IoT. Em particular, analisando como o ecossistema IoT permite que entidades (como consumidores, empresas e governos) se conectem e controlem seus dispositivos IoT em 16 ambientes, como fabricação, casa conectada, transporte e agricultura.

 

Os analistas da BI Intelligence classificaram todos esses dados para criar um relatório que discuta todos os componentes do ecossistema IoT, incluindo seus dispositivos, análises, redes e segurança. Também prevê o mercado emergente de IoT, incluindo megatendências, crescimento de dispositivos, montante investido e potencial retorno sobre o investimento.

Aqui estão alguns pontos do relatório:

  • No total, foi projetado que haverá 34 bilhões de dispositivos conectados à internet até 2020. Os dispositivos IoT representarão 24 bilhões, enquanto os dispositivos de computação tradicionais (por exemplo, smartphones, tablets, smartwatches, etc.) compreenderão 10 bilhões.
  • Quase US$ 6 trilhões serão gastos em soluções IoT nos próximos cinco anos.
  • As empresas serão as principais a adotarem as soluções IoT. Elas vêem três maneiras pelas quais o IoT pode melhorar sua linha de base:
  • Diminuindo os custos operacionais;
  • Aumento da produtividade;
  • Expandir para novos mercados ou desenvolver novas ofertas de produtos.
  • Os governos estão focados em aumentar a produtividade, diminuir os custos e melhorar a qualidade de vida dos seus cidadãos. Acredita-se que eles serão o segundo maior adotante dos ecossistemas IoT.
  • Os consumidores ficam atrás dos negócios e dos governos na adoção do IoT. Ainda assim, eles vão comprar uma enorme quantidade de dispositivos e investir uma quantidade significativa de dinheiro em ecossistemas de IoT.

Em total, o relatório:

  • Destila as complexidades tecnológicas da Internet das coisas em um único ecossistema;
  • Explica os benefícios e as falhas de muitas redes, incluindo a MeSH (por exemplo, ZigBee, Z-Wave, etc.), celular (por exemplo, 3G / 4G, Sigfox, etc.) e redes de internet (por exemplo, Wi-Fi, Ethernet, etc.);
  • Discute sistemas analíticos, incluindo análise de borda, análise de nuvem e etc;
  • Examina as melhores práticas de segurança do IoT;
  • Detalhe os quatro drivers do mercado IoT e quatro barreiras de mercado da IoT;
  • Preveja o investimento da IoT por seis camadas: conectividade, segurança, armazenamento de dados, integração de sistemas, hardware do dispositivo e desenvolvimento de aplicativos;
  • Analisa como o ecossistema IoT está sendo usado em várias indústrias;
  • Define a terminologia da Internet de coisas dentro de um glossário;
  • E muito mais.