Select Page

No Reino Unido, duas universidades desenvolveram uma tecnologia capaz de projetar fotos planas em tridimensionais.

As universidades Nottingham e Kingston, ambas do Reino Unido criaram uma tecnologia capaz de transformar imagens planas em 3D. A tecnologia utiliza inteligência artificial para dar profundidade tridimensional a uma selfie em poucos instantes.

Os cientistas das universidades criaram um método que realiza regressões volumétricas diretas por meio do uso de uma rede neural convolutiva. Isso é, eles conseguiriam superar algumas das complexidades encontradas em formas mais tradicionais feitas nesse tipo de transformação.

A vantagem é a capacidade de treinar a inteligência artificial para avaliar e interpretar de forma mais precisa um conjunto de imagens bidimensionais que possa gerar um modelo em 3D.

Foi declarado pela equipe “os sistemas atuais frequentemente assumem a disponibilidade de múltiplas imagens faciais como entrada e devem solucionar inúmeros de desafios metodológicos, como estabelecer correspondência densa entre posições faciais, expressões e iluminações não uniformes”.
“No geral, isso requer métodos complexos e ineficientes para construção e ajuste do modelo.”

Saiba mais no site.