Select Page

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran), aprovou na última terça-feira (25/07/2017) a carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e).

Em fevereiro de 2018 o documento que será uma versão digital da CHN, estará válido. Assim, os motoristas poderão usar seus próprios smartphones para apresentar o documento através de um aplicativo exclusivo. A nova versão terá o mesmo valor jurídico da versão impressa.

Outro aplicativo está sendo desenvolvido para os agentes de trânsito. Este fará a leitura QRCode, como já é realizado com a CNH impressa.

Para ter acesso a CNH virtual, o motorista terá que se cadastrar no Portal de Serviço do Detran e confirmar seu e-mail. Esse acesso deve ser feito por um equipamento que permite o uso desse certificado ou por meio do e-mail do motorista, no balcão do Detran.

Após enviado o e-mail, o usuário receberá um link de confirmação. Em seguida, deve-se realizar o login pelo aparelho onde deseja ter sua CNH digital.

Por segurança, no primeiro acesso o usuário precisa criar um código PIN para armazenar os documentos. O código também será usado para visualizar os documentos.

No Portal de serviços do Detran é possível bloquear o aparelho para impedir o uso da conta. Para efetuar o bloqueio, é preciso acessar o portal com o certificado digital.

“Com isso, quem esquece a CNH em casa não estará sujeito a multa e pontos na carteira. Basta apresentar o documento digital” – declarou o ministro das Cidades Bruno Araújo.