Select Page

Um dos aplicativos mais usados pelos usuários de smartphones (androids e iOS) é o Maps, da Google. Esse app tomou o lugar dos antigos catálogos de endereços ou Guia Rex e tornou-se referência para quase todas as pessoas, principalmente as mais jovens, na busca por lugares ou mesmo como guia de GPS.

A Google sabe disso e está investindo pesado na reformulação do Maps. Começou modernizando a interface e a navegação do aplicativo em 2015. Vem continuamente fazendo pequenas mudanças de layout e design deixando o app mais bonito. Agora, neste ano, a gigante das buscas implementou serviços novos como avaliação de estabelecimentos comerciais, mapas internos como shoppings, rodoviárias e etc., ranking de colaboradores e uploads de fotos dos lugares visitados pelos usuários.

A ideia por trás disso tudo é manter o Maps no topo nas preferências dos usuários. A concorrência de pesos pesados – e estamos falando de empresas como Apple e Uber – forçou a Google a dar um tratamento especial para o Maps. E está dando certo: segundo pesquisa feita pelo site eMarketer.com, o Google Maps é o aplicativo de localização mais usado pelos americanos. E dentre os usuário de iPhone, que possuem o aplicativo de localização nativo da própria Apple, 47% usam o Maps da Google. Vemos que a briga é boa e o Maps ainda está correndo com a cara para o vento.